Criancinhas, pais, e os exemplos a seguir

1 Apr
childSerá que eu sou a única que tem uma aversãozinha tramada às crianças mimadas que gritam e esperneiam no centro comercial? Daquelas que fazem birra e choram até ficarem roxas?
É óbvio que as criancinhas têm culpa diminuta neste tipo de episódios. A bem ser a culpa é dos pais ou pseudo-pais para os quais dar educação, formar uma pessoa, é algo transcendente. Acredito que não seja fácil, acredito mesmo, mas vá lá façam um esforço!
O curioso é que a maior parte destas crianças mimadas são filhas de gente abastada, estudam em tudo o que é colégio privado e transfornam-se em adultos prepotentes e insuportáveis. Mas os pais acham sempre que os seus rebentos se tornaram naquele exemplo a seguir.
Haja paciência!
Advertisements

2 Responses to “Criancinhas, pais, e os exemplos a seguir”

  1. Mokas Wednesday 1 April 2009 at 14:23 #

    Não és só tu…
    mas eu odeio sobretudo os Pais.
    O problema é que eles nem os educam… os putos são educados fora de casa. Pensam que podem pagar a educação deles.
    Depois há tambem o sindroma “oh bolas perdi o meu filho” então “compram-nos”.
    Isso dá uma distorção do caraças (de raiz) do carácter da criatura… culpa de quem? do “jardineiro” que cuidou do rebento dessa forma…

  2. Laetitia Wednesday 1 April 2009 at 20:40 #

    Sim, tens toda a razão, mas o pior é que quem tem que “levar” com eles é a sociedade cá fora. São de facto situações péssimas!

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s