Porque a vida tem disto

19 Jun
Desmotivação. Foi sempre uma palavra que não admiti no vocabulário da minha vida. Mas, ainda assim, qual passe de mágica malvado, ela entrou e corroeu-me nos últimos tempos.
Porque se já é difícil quando uma só pessoa nos magoa, torna-se muito mais quando são várias. Repentinamente, sem aviso prévio.
Os últimos tempos não foram pêra doce. Chorei convulsivamente como já não me lembrava de chorar. Andei, qual zombie. numa agonia que até a mim me meteu medo. Às vezes custa mais lidar com várias pequenas pedras no sapato do que com um pedregulho só.
Por isso não apareci. Não escrevi. Não estava emocionalmente bem, e apesar da vontade de vir aqui partilhar e estrebuchar tudo o que me ia na alma, a maldita desmotivação vencia-me sempre.
Até que percebi que eu não sou assim. Sempre fui uma pessoa alegre, bolas. E ninguém no mundo merece conseguir destruir-nos. Ainda que se fique traumatizado, o caminho é para a frente. E agora sim sou eu que digo chega. Chega de sofrer por quem nem sequer se importou o mínimo com a nossa pessoa. Com aquilo que somos. Com aquilo que sempre fomos.
Por isso não quero mais a desmotivação na minha vida. Bani-a simplesmente. Assim como bani todos os que recentemente me desiludiram de formas que nunca pensei poder ser.
Não sei se ainda estarão aí para ler as minhas patetices e devaneios. Sei que falhei com quem me lê. Sei que uma pessoa fica desiludida quando a alma que, por algum motivo, até gostamos de ler não escreve. Mas pronto, quero muito continuar a ter-vos desse lado. Quero continuar a rir-me com vocês. E acima de tudo quero também continuar a ler o que escrevem.
Porque se há coisa que me faz bem é a blogosfera. E neste momento a única coisa que quero é apostar no que me faz bem. Essa sim, é uma aposta ganha com toda a certeza.
 
 
 
 
P.S. Quero agradecer sobretudo à Me, que apesar de não conhecer pessoalmente é das criaturas mais fantásticas com que já me cruzei. E não posso deixar de lhe deixar um mua enorme, porque senti e sinto que nunca desistiu de mim. Obrigada.
Advertisements

11 Responses to “Porque a vida tem disto”

  1. S* Saturday 19 June 2010 at 15:26 #

    A blogosfera permite-nos conhecer pessoas fantásticas e ainda bem que tiveste essa sorte. Agora ergue a cabeça e muita força. 🙂

  2. M. Saturday 19 June 2010 at 15:34 #

    Força menina!!! Estranhei a tua ausência de facto, mas pensei que fosse por motivos bem melhores. Estou a torcer por ti, vais vencer esta etapa menos boa.

    Beijo grande

  3. Cre Saturday 19 June 2010 at 16:03 #

    A Me é uma GRANDE Mulher. Também eu lhe devo um eterno obrigada, por todo o apoio e por toda a paciência com que me ouve e me aconselha.
    Por isso Me… OBRIGADA!

  4. Dorushka Saturday 19 June 2010 at 16:23 #

    Todos nós passamos por fases menos boas numa qualquer altura da nossa vida; o importante é termos forças suficientes para as ultrapassar.
    Seja bem regressada!
    Eu cá estarei deste lado para a ler…

  5. taciturnus Saturday 19 June 2010 at 21:11 #

    Eu também já chorei, em tempos. Agora estou bem e olho para os problemas de então como insignificantes, face ao que a vida se encarregou de me reservar – e de eu fazer a minha parte por o merecer.

    Siga em frente, com a cabeça erguida. Um grande abraço!

  6. Me Sunday 20 June 2010 at 11:10 #

    Oh tonta! E um e-mailzito a choramingar mimo, não?! Eu estou cá e muita gente mais está de certeza por aqui à tua espera!

    Para a próxima não desapareças!

    E obrigada!

    Bisouxxx

  7. Puzz Sunday 20 June 2010 at 11:25 #

    é fantástico como completos desconhecidos se tornam tão importantes nas nossas vidas… o simples facto de lerem, comentarem, partilharem experiências, etc.. dão tanto alento nos momentos menos bons.. e até conseguem ter mais sucesso que os amigos de carne e osso que estão ao nosso lado de olhos bem abertos e não nos vêem…

    beijo!

  8. sonhosdeumarapariga Sunday 20 June 2010 at 13:20 #

    Eu também dei pela tua falta, mas também pensei que andasses ocupada com coisas boas!
    Mas ainda bem que já conseguiste levantar a cabeça e que encontraste a força que existe dentro de ti 😉

    Bjinhoo

  9. Ana Sunday 20 June 2010 at 19:33 #

    Cheguei hoje aqui a este blog e como meu hábito quando começo a ler blog novo fui lendo até este post. Gostei de ver estas palavras até porque passei por uma situação +/- igual alguns tempos atrás e é sinal que não somos mesmo os únicos a passar por situações dessas e relembramos que “para a frente é que é o caminho” 🙂
    Muita força é o que desejo de uma nova leitora
    Ana M.

  10. helena ruivo Monday 21 June 2010 at 14:52 #

    eu estive estou e estarei

  11. Poetic Girl Monday 21 June 2010 at 14:53 #

    Já tinha sentido a tua falta. ainda bem que voltas-te! bjs

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s