Ora vamos lá libertar essa criatividade

8 Nov
Diz, quem sabe destas coisas, que a crise veio para ficar. Fazem-nos, notícia após notícia, autênticas lavagens cerebrais sobre como poupar. E é lixado ter que poupar quando se vê a mala perfeita na vitrine deliciosamente decorada, ou uns sapatinhos fabulosos a clamar por uns pés que os aqueçam, e que noutras circunstâncias poderiam muito bem ser os nossos. Mas a verdade é que se temos que amealhar forçosamente hoje é porque esbanjámos demais no passado. Talvez não todos mas a maior parte de nós, e sobretudo quem nos representa mais além na capital.
Que se deixem ir os anéis mas que fiquem os dedos. A saúde para trabalhar. Os amigos. O sorriso que se esboça simplesmente por viver sem nenhuma dor. Que nos fique o bom gosto para imaginar coordenados com as peças que já temos e que muitas vezes esquecemos.
A crise é uma coisa má que é, mas temos que olhá-la da melhor forma possível, e ver nela quem sabe uma oportunidade. Quanto mais não seja para valorizarmos o importante e para libertarmos a criatividade, tolhida nos tempos áureos, pela preguiça do se poder comprar.
Advertisements

One Response to “Ora vamos lá libertar essa criatividade”

  1. Me Tuesday 8 November 2011 at 17:37 #

    Bravo!

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s