Hoje é, finalmente, o dia

29 Nov
Durante muito tempo fingi-me de morta. Provavelmente por tempo demais. E por não querer enfrentar o problema de frente (como se deve fazer com esses ingratos, qual luta de titãs) andei às voltas, a adiar, a dizer ao mundo e a mim própria que amanhã é que era. E de amanhã em amanhã já se passaram anos, que o tempo não se compadece com a nossa cobardia.
Tenho um pequeno problema de saúde ( dizer problema soa-me sempre exagerado comparado a quem verdadeiramente os tem, mas parece-me a melhor forma de expressar isto), que embora não me perturbe, não o sinta, está lá. E podia já não estar, não fosse a minha inércia. 
Por isso hoje é o dia em que estou a mandá-lo oficialmente embora. Ou melhor hoje é o dia em que estou oficialmente a fazer alguma coisa para me livrar dele. E preciso disso escrito não vá o meu cérebro começar a guinchar que o melhor é deixar para amanhã. 
Advertisements

5 Responses to “Hoje é, finalmente, o dia”

  1. Ilka Tuesday 29 November 2011 at 16:34 #

    Hmm? Tens de me explicar isto.

  2. João de Castro Nunes Tuesday 29 November 2011 at 23:26 #

    É mau sistema adiar,
    não resolve coisa alguma:
    pelo contrário, avoluma
    as matérias a tratar!

    JCN

  3. Laetitia Wednesday 30 November 2011 at 01:42 #

    Ahhh eu explico, eu explico! Logo que estejamos juntas minha amora linda. 😀

  4. O ramalhete Wednesday 30 November 2011 at 17:18 #

    impossível adiar o inadiável.

  5. Laetitia Thursday 1 December 2011 at 16:01 #

    Verdade.

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s