No meu tempo…

5 Jan
Ontem ouvi uma miúda desandar com uma velhota em plena rua. Desconheço o motivo, muito menos quem teria razão. Até poderia ser ela a tê-la, que não é por sermos velhos que nos tornamos santos. Mas só o facto de barafustar e gritar a plenos pulmões que estava farta de velhadas e que deveriam morrer todas fez com que me apetecesse pregar-lhe dois estalos na carinha laroca. É claro que não o fiz e continuei na minha vida, mas pela primeira vez a expressão “no meu tempo” fez verdadeiramente sentido. É que no meu tempo, mesmo quando não gostávamos, respeitávamos a terceira idade.
Advertisements

6 Responses to “No meu tempo…”

  1. Mery Thursday 5 January 2012 at 12:17 #

    Laetitia, com certeza, sei que lidar com pessoas mais idosas é complicado, por experiência própria, mas temos que ver que a situação é bem mais complexa, idosos são crianças grandes que por ter vivido muito, acham que sabem tudo da vida e estão sempre certos, mas com a mesma teimosia de uma criança… o mínimo que temos que ter por eles é respeito e saber relevar muitas coisas, respeito é tudo em qualquer idade!!! Bjokas

  2. Laetitia Thursday 5 January 2012 at 12:36 #

    Acho que é mesmo isso o mais importante, ter respeito por eles e alguma paciência também. 🙂
    Mua grande. 🙂

  3. Me, myself and I Thursday 5 January 2012 at 13:03 #

    Acho que as gerações mais novas cada vez respeitam menos os maiores, mas deveriamos perguntar-nos de quem é a culpa, porque deveriam ser os mais velhos a ensinar e dar exemplo, eu ca tenho sempre de respirar fundo quando uma senhora idosa me pasa a frente pela cara podre na fila do supermercado, é uma falta de educação e respeito, se me pergunta-se eu deixa-va passar sem problema, mas é o cúmulo.

    ***
    http://www.theprincesslittlebox.blogspot.com

  4. Ana Thursday 5 January 2012 at 14:07 #

    Há uns tempos escrevi sobre algo parecido no meu blog… No nosso tempo não era assim.

  5. Laetitia Thursday 5 January 2012 at 21:13 #

    Pois é verdade, infelizmente. :s

  6. Laetitia Thursday 5 January 2012 at 21:14 #

    Sim também tens razão.Acho que o respeito tem que ser a medida do equilíbrio…
    Mua mua. 🙂

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s