As pernas de ouro deste Portugal

24 Jan
Numa época em que a palavra dominante é austeridade eis que se fica a saber que a nossa selecção de futebol  é a que mais vai gastar no Euro 2012. Qualquer coisa como 33 mil euros por dia. Ora se é verdade que em campo lideramos pouco, em luxo – está bom de ver – somos campeões. Pois claro, queremos os meninos bem tratados, mimados no spa, levados ao limite no ginásio, caprichos satisfeitos e disposição nas alturas. O problema disto é que, por melhores jogadores que tenhamos, por mais que se gaste no seu bem-estar, assim de repente não me ocorre nada que Portugal tenha ganho nos últimos anos. Ficamo-nos sempre pelo quase…ai quase éramos campeões, ai quase fomos à final, ai quase ganhámos. E a história, essa, não se compadece com os quases. Tampouco se faz deles.
Então se somos quase bons por que raio temos que ter instalações dignas dos melhores? Um três estrelas não cumpria os requisitos? Ah já me esquecia o quanto gostam algumas pessoas de viver de aparências. Estamos falidos mas frequentamos hotéis de topo. Afinal temos pernas de ouro que não podem repousar em qualquer cama, ora bolas!
Advertisements

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s