I ♥ Mario Vargas Llosa

4 Jun
” O Palácio da Justiça começava a espreguiçar-se do seu descanso nocturno e os seus corredores iam-se inundando de uma afanosa multidão de advogados, estagiários, funcionários, queixosos, notários, testamenteiros, bacharéis e curiosos. No coração dessa colmeia, o senhor doutor Barreda y Zaldívar abriu a sua pasta, sacou dos processos, sentou-se à secretária e dispôs-se a começar a jornada. Segundos depois, materializou-se no seu gabinete, rápido e silente como um aerólito no espaço, o secretário, doutor Zelaya, um homenzinho com óculos, de bigodinho e mosca, que agitava ritmicamente ao falar.”
 
                          Mario Vargas Llosa in A Tia Julia e o Escrevedor
 
Advertisements

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s