Ma douce affaire

10 Aug
Quando o telefone toca e ele me diz, no tom de voz que adoro, para estar pronta em uma hora o meu coração acelera. O sexto sentido, ou talvez apenas conhecê-lo tão bem, faz-me desconfiar que estou prestes a ser surpreendida. Entro no carro, vestido encarnado no corpo, olhar de gata emprestado no rosto, e espeto-lhe um beijo molhado. Insisto para que desfaça o mistério e me revele o destino. Ele olha-me, com aquele olhar secreto a que só eu tenho direito, e pousa a mão na minha perna. Sussura-me ao ouvido palavras das que me fazem feliz. Uma hora depois estamos no Porto. Os meus olhos brilham, qual princesa dos tempos modernos. Enquanto jantamos, no italiano mais delicioso da cidade, trocamos olhares cúmplices que só quem pertence à religião amor conhece. Digo-lhe, voz radiante de felicidade, que tudo parece um conto de fadas. Ele sorri,  lábios carnudos em irradiante sintonia com os olhos cor de esmeralda, e diz que sim, que sou a princesa dele.
Advertisements

5 Responses to “Ma douce affaire”

  1. Aurélia Mattos Friday 10 August 2012 at 18:20 #

    Que romantico, adorei olhos de esmeralda, acho lindo olhos verdes. bjss e boa sexta.
    http://www.aureliamattos.com.br

  2. coqueluxos Friday 10 August 2012 at 18:30 #

    Lindo querida… o amor é isso tudo… bjokas

  3. Página ao Lado Friday 10 August 2012 at 19:10 #

    suspiro!

  4. Friday 10 August 2012 at 19:29 #

    Fantástico texto!

  5. Ivânia Santos Friday 10 August 2012 at 22:49 #

    Texto lindo lindo lindo… olha até fiquei derretida <33

    xoxo*

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s