Da Rússia, com polémica

12 Aug
Quando um ministro se atreve a chamar “puta velha” a uma cantora só porque ela pediu a libertação de três mulheres presas por terem feito uma canção anti-presidente, isso diz muito sobre a (não) democracia existente no país. Foi isso mesmo que aconteceu, há uns dias, quando o ministro russo Dmitri Rogozin escreveu numa rede social, o twitter, que a Madonna é uma “puta velha”, e que “com a idade, toda a puta velha tende a dar lições de moral a todo o mundo. Em particular, nas suas viagens pelo estrangeiro”. Tudo porque, há uns meses, três cantoras de um grupo russo chamado Pussy Riot foram presas, por terem cantado uma canção anti-Putin numa catedral, em Moscovo. A Madonna, no concerto que deu terça feira na mesma cidade, pediu a sua libertação e disse rezar por elas.
Definitivamente liberdade de expressão parece não ser o forte por aqueles lados. Facto é que a polémica, essa, está instalada.
Advertisements

2 Responses to “Da Rússia, com polémica”

  1. S* Sunday 12 August 2012 at 15:32 #

    Uma coisa inconcebível.

  2. mistercharmoso Sunday 12 August 2012 at 20:53 #

    Inacreditavel num pais que se diz DEMOCRATICO
    Gosto bastante do teu blog. Visita o meu. Tem um post novo e uma sondagem nova.
    Beijocas charmosas

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s