Ninguém nos avisa acerca disto

24 Aug
Quando andava para aí no segundo ano de faculdade apercebi-me que estava condenada a estudar para o resto da vida. Sim, a partir do momento em que uma pessoa se enfia em Direito está a assinar um contrato vitalício com o estudo. É um contrato assim meio que tácito, mas talvez o susto fosse menor se alguém nos avisasse disso à partida. Provavelmente, e acredito que hoje em dia cada vez mais, isso também acontece noutras áreas. Mas a verdade é que, olhando para trás, depois de quatro anos de faculdade e dois de mestrado posso dizer que já tenho uma certeza conformada acerca do assunto. A única maneira de se ser melhor profissional, ou de sequer ambicionar um emprego melhor, é dar o cérebro ao manifesto. Não há nada a fazer, são as regras do jogo.
É claro que por um lado é bom. É bom saber mais a cada dia, é bom investirmos em nós. É bom podermos acariciar o ego com o que sabemos. Mas também há dias em que estudar é só chato. Em que até olhar para o tecto é mais interessante do que meter os olhos num livro. É como tudo na vida, aliás. O que é preciso é não desanimar.
Por isso pronto, depois de dois litros de café e de vir espairecer, dar dois deditos de conversa matinal com os meus estimados leitores, cá estou a prostituir os meus conhecimentos. Ainda que com uma dor de cabeça dos demónios. 
Advertisements

4 Responses to “Ninguém nos avisa acerca disto”

  1. Ana Friday 24 August 2012 at 15:46 #

    Ninguém avisa mesmo.
    Provavelmente também terei de passar o resto da minha vida em formações e coisas do género mas pronto 🙂

  2. Paula Friday 24 August 2012 at 22:30 #

    Uma grande verdade. Não só em direito mas em muitos outras matérias.
    Começamos os estudos para nunca mais acabar.
    Para sermos melhores, para estarmos em cima dos acontecimentos, avanços científicos ou tecnológicos.
    vidademulheraos40.blogspot.com

  3. A Bomboca Mais Gostosa Sunday 26 August 2012 at 13:24 #

    No meu curso é igual!

  4. Kishikiari Sunday 26 August 2012 at 18:17 #

    ahaha uma amiga também se queixa do mesmo

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s