O domingo pintou-se de negro

28 Jan
A morte, essa ceifeira impiedosa, resolveu que hoje era um bom dia para levar, debaixo do seu manto negro, vidas em série. Por aqui foram onze de uma vez, no acidente da Sertã. Em Santa Maria, no meu Brasil, foram mais de duzentas num incêndio numa discoteca. Bem sei que a condição da vida é a morte, e não há nada que se possa fazer quanto a isso. O destino conhece-lhe os planos, ela executa-os, e nós somos apenas fantoches. Ainda assim, não deixa de ser triste ver tantas vidas acabadas de uma só vez. Custa-me a realidade de que hoje estamos cá, amanhã podemos não estar. Prefiro não pensar muito nisso, mas em dias como hoje é inevitável.
Bolas, a vida é mesmo complexa. Que descansem em paz aquelas almas.
Advertisements

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s