Euromilhões, o motivo da discórdia

30 Jan
Eu – Já conferiste o euromilhões?
Ele – Já. Não ganhámos nada, para variar.
Eu – Ohh a sério?
Ele – Sim. Para a próxima peço números aleatórios, da máquina.
Eu – Porquê? Achas que a criatividade de uma máquina, no que diz respeito a escolher os números certos, é melhor do que a nossa, é?
Ele – Melhor não sei. Mais eficiente talvez. Às tantas a máquina tem pé com o diabo e é mais sortuda do que nós. Afinal, também não é preciso muito. 
Eu – Não importa, quero continuar a jogar os meus números preferidos.
Ele – Pois, aqueles que nunca saem.

 

E nisto ri-se como um desalmado. O meu namorado perdeu, oficialmente, a fé na nossa – pouca, é verdade – sorte no jogo. É triste. Mas ele ri-se.

 
Advertisements

One Response to “Euromilhões, o motivo da discórdia”

  1. coqueluxos Wednesday 30 January 2013 at 01:26 #

    Hehehe, eu sempre jogo os mesmos números, se um dia ganhar será com os mesmo… bjokas

Express yourself!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s